BrLab 2017

Selected Projects

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese and European Spanish. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in this site default language. You may click one of the links to switch the site language to another available language.

 
A 7ª edição do BrLab recebeu um total de 346 projetos inscritos, muitos com excelente qualidade, apresentada por diferentes perfis de realizadores sérios e de grande competência. De todos os inscritos, a comissão da 7ª edição selecionou seis projetos brasileiros e cinco estrangeiros, com base não só em critérios de qualidade artística, mas também no equilíbrio entre as especificidades dos projetos e profissionais participantes para o melhor aproveitamento de todos. É importante enfatizar que a seleção apresentada não é um julgamento da qualidade dos projetos, mas, sim, uma decisão baseada em um conjunto de fatores para chegar ao objetivo a que se propõe nossa convocatória e o BrLab.
 

Segue abaixo a lista de projetos selecionados para a sétima edição do BrLab, em ordem alfabética:
 
Ascensión – dir. Cesar Acevedo, prod. Diana Bustamante – Burning Blue, Colombia
Canção ao Longe – dir. Clarissa Campolina, prod. Laura Godoy e Luana Melgaço – Anavilhana / MG
Cores de Maio – dir. Juliana Vicente, prod. Carla Comino – Preta Porte Filmes / SP
Criadas – dir. Carol Rodrigues, prod. Julia Zakia e Guilherme César – Gato do Parque Cinematográfica / SP
La Jauría – dir. Maurício López Fernández, prod. Josephine Schroeder – Pequén Producciones, Chile
Légua – dir. e prod. Filipa Reis e João Miller Guerra – Uma Pedra no Sapato, Portugal
Novembro – dir. Milena Times, prod. Dora Amorim e Thaís Vidal – Ponte Produções / PE
Nxiamu – dir. Maurílio Martins e Thiago Taves Sobreiro, prod. Matheus Antunes – Cento e Oito filmes / MG
Sahar – dir. Vera Egito, prod. Diana Almeida – Lacuna Filmes / SP
Sandra – dir. Yennifer Uribe, prod. Alexander Arbelaez Osorio – Monociclo Cine, Colombia
El Otro Lago – dir. Francisca Silva, prod. Nayra Ilic García – Trébol Film, Chile

 

Também integra a seleção, através de parceria com a plataforma Cinéma en Développment – Toulouse o projeto:

– Loba – dir. Kiro Russo, prod. Alexa Rivero – Socavón Cine, Bolivia

 

A comissão de avaliação e seleção foi formada por Andrea Cals (curadora e produtora, RJ), Beatriz Carvalho (produtora, SP) Davi Pretto (cineasta, RS), Eva Morsh (França), Flavia Candida (curadora, RJ), Francine Barbosa (roteirista e educadora, SP), Maíra Bühler (diretora, SP) Marcela Lordy (diretora, SP), Márcio Miranda Perez (cineasta e curador, SP), Marina Torre (produtora, SP), Mauricio Kinoshita (produtor e programador, SP),  Rafael Sampaio (produtor e diretor do BrLab) e Paula Astorga (diretora, México).