BrLab 2017

Palestrantes

  • Anna Muylaert

    Diretora, produtora e roteirista de cinema e televisão, especializada em criação de conteúdo. Trabalhou na criação do famoso programa Castelo Ra-Tim-Bum. Ela é internacionalmente reconhecida pelo filme Que Horas Ela Volta?. Anna dirigiu e produziu cinco longas-metragens com sua empresa Africa Filmes. É Membro da Academia de Hollywood

  • Bráulio Mantovani

    Roteirista. Formado em Letras (PUCSP) e mestre em Roteiro Cinematográfico (Universidad Autônoma de Madrid). É autor (ou coautor) dos roteiros de Cidade de Deus, Última Parada 174, VIPs, Tropa de Elite, e Tropa de Elite 2, filme recordista de bilheteria no Brasil (mais de 11 milhões de ingressos), entre outros. Trabalha atualmente como roteirista na Rede Globo.

  • Caco Galhardo

    Cartunista e roteirista. Tem uma tira diária na Folha de São Paulo e nove livros publicados. É colaborador da revista Piauí. Alguns de seus personagens viraram animações para a Cartoon Network. Sua personagem Lili, a Ex foi adaptada para a premiada série de ficção. Recentemente adaptou para cinema a vinheta Mulheres Alteradas.

  • Carol Rodrigues

    Diretora e roteirista do curta A Boneca e o Silêncio, que participou de festivais nacionais e internacionais, vencendo prêmios em São Paulo, Belo Horizonte, Portugal, Polônia e Índia. Integra a equipe da websérie Empoderadas. Além de se dedicar ao seu primeiro longa-metragem de ficção, Carol também é roteirista de séries para TV.

  • Carolina Kotscho

    Autora e produtora de cinema e televisão. Trabalhou em mais de 80 programas para televisão, filmes, séries e documentários. Autora contratada da TV Globo desde 2011. Escreveu para cinema 2 Filhos de Francisco (2005) e Flores Raras (2013), entre outros. Coautora da série A Teia, da TV Globo. Fundadora da AC – Autores de Cinema

  • Daniel Ribeiro

    Roteirista e diretor, formado em Audiovisual pela ECA-USP. Roteirizou e dirigiu os curtasmetragens Café com Leite (2008) e Eu Não Quero Voltar Sozinho (2010), programados em mais de 180 festivais internacionais, nos quais recebeu 115 prêmios. Seu primeiro longa-metragem, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, obteve os prêmios FIPRESCI e Teddy Award no Festival de Berlim.

  • Daniela Aun

    Produtora executiva. Possui em seu portfólio a produção dos documentários Cidade Cinza de Marcelo Mesquita e Guilherme Valiengo; São Silvestre de Lina Chamie; Surfar é coisa de Rico de Guga Sander; e da série de TV Eu Me Movo para o Sportv (Medalha de ouro no 2017 NY International TV and Film Awards); além dos filmes de ficção Rosa Morena de Carlos Oliveira; Artigas de Cesar Charlone e Astro de Paula Trabulsi. Participou ainda dos filmes Desmundo de Alain Fresnot, Castelo Rá-Tim-Bum de Cao Hamburger, Através da Janela de Tata Amaral, 69 Blindness de Fernando Meirelles; e O Primeiro Bailarino de Felipe Braga para a HBO.

  • Elena Soares

    Roteirista de cinema e TV e consultora. Formada em Economia (PUC – RJ) e mestre em Antropologia Social (UFRJ). Escreveu filmes como Eu Tu Eles, Casa de Areia (melhor roteiro original NHK/ Sundance) e Gêmeas. Coescreveu O Redentor, Minha Vida de Menina, Nome Próprio, Cidade dos Homens, Xingu , entre outros. Co-criou e escreveu Filhos do Carnaval.

  • Eliseo Altunaga

    Roteirista, consultor e escritor cubano. Decano no Departamento de Roteiro da Escola de San Antonio de los Baños (EICTV), Cuba. É assessor e co-roteirista de importantes filmes da retomada do cinema chileno, em parcerias com Pablo Larraín (Tony Manero, Postmortem, NO, Neruda) e Andres Wood (Machuca, Violeta se Fue a los Cielos). Escreveu filmes, telefilmes, séries de TV, programas para a Rádio Cubana, e publicou 8 romances. Professor Titular da Universidade de Arte (ISA) em Havana, também ministra oficinas e conferências pela América Latina e Europa. Atualmente ministra um curso de roteiro para cineastas mulheres em Santiago do Chile.

  • Flávia Boggio

    Roteirista, começou na MTV, onde escreveu programas como Furo MTV, Piores Clipes e Infortúnio com a Funérea. No SBT, foi chefe de roteiro do talk show The Noite, com Danilo Gentili. Também atuou como redatora de criação da DM9 e de formatos de conteúdo da Globo. Atualmente é roteirista do programa Lady Night no Multishow.

  • Gadi Taub

    Escritor e roteirista. Doutor em História Americana pela Rutgers University. Foi repórter, roteirista e colunista na imprensa israelense. Escreveu livros de ficção e coletâneas de ensaios políticos. Allenby Street, romance que escreveu e adaptou para série, recebeu prêmios internacionais e foi adaptado em vários países. É roteirista chefe e codiretor da série Reshet.

  • Gerardo Michelin

    Formado em Ciências da Comunicação. Em 2003, depois de ser produtor em canais de TV no Uruguai e na Espanha, começa uma carreira em jornalismo especializado, na editora espanhola Exportfilm e na revista inglesa C21 Media. Foi chefe de imprensa de Cartoon Forum e Cartoon Movie, organizados pela Associação de Produtores Europeus de Animação. Em 2007 funda LatAm cinema, portal para profissionais especializado em cinema latino-americano, fonte regional fundamental de informação. Foi júri de diversos certames e deu palestras sobre imprensa cinematográfica especializada em festivais e mercados como a Red de Festivales Mexicanos de Cine, BrLab, Festival de Lima, SANFIC e BAFICI.

  • Iana Cossoy

    Roteirista, mestre em Meios e Processos Audiovisuais pela ECA-USP. Formada em Cinema pela EICTV. Assina com o diretor Marcelo Muller o longa Eu te Levo (2017). Dá aulas no Ateliê Bucareste, no Espaço Itaú e na EICTV. É membro do Coletivo Vermelha, que estuda e promove ações relacionadas a participação e representação das mulheres no audiovisual.

  • Juliana Priolli

    Gerente de Conteúdo Original da Fox. Roteirista especializada em Columbia, Julia foi scriptdoctor em diversas produtoras brasileiras. Foi supervisora de roteiro da série Me Chama de Bruna, e participa do desenvolvimento da segunda temporada de Um Contra Todos. Criou laboratórios de roteiro junto com prestigiosos profissionais internacionais.

  • Juliette Lepoutre

    Tornou-se produtora depois de 15 anos trabalhando com empresas do Vale do Silício, desenvolvendo mercados internacionais. Em 2007, co-fundou a MPM Film, trabalhando com diretores como Sitaru, Serban, Tarr, Murat, Mghvdeladze, Koutras e Galvez. Em 2015, cofundou a produtora Still Moving com Pierre Menahem, produzindo Pendular, de Julia Murat (Prêmio Fipresci no Berlinale) e distribuindo filmes como The Last of Us, de Ala Eddine Slim (Tunísia) e o multipremiado In the Last Days of the City, de Tamer El Said (Egito). Lepoutre participou como especialista em diferentes laboratórios de produção, foi jurada em diversos festivais e participou do comitê de seleção da Cinefondation Residence 2015.

  • Leonardo Mecchi

    Produtor. Dentre suas produções, destacamse: Obra (Gregório Graziosi), Super Nada (Rubens Rewald) e Chantal Akerman, de c á (Gustavo Beck e Leonardo Luiz Ferreira). Como diretor da empresa Enquadramento Produções, finaliza atualmente os filmes Mormaço, de Marina Meliande e Los Silencios, de Beatriz Seigner. Está ao mesmo tempo em filmagem de A Morte Habita à Noite, de Eduardo Morotó, além de desenvolver A Febre, de Maya DaRin. Paralelamente, Leonardo Mecchi tamb ém atua como curador, jurado e produtor de festivais e mostras de cinema.

  • Luiz Bolognesi

    Autor e diretor cinematográfico. Escreveu e dirigiu o filme de animação Uma História de Amor e Fúria (2013, Melhor Longa-metragem – Annecy). Como roteirista, é autor dos filmes Bicho de Sete Cabeças, O Mundo em Duas Voltas, Chega de Saudade, Terra Vermelha , As Melhores Coisas do Mundo (2010), Amazônia, Planeta Verde (2014), entre outros.

  • Marçal Aquino

    Jornalista, escritor e roteirista de cinema e televisão. Publicou, entre outros, o volume de contos O amor e outros objetos pontiagudos (Prêmio Jabuti), e o romance Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios. Atuou como roteirista de filmes como Os Matadores, Ação entre Amigos, O Invasor e O Cheiro do Ralo.

  • Marcio Miranda Perez

    Editor e curtametragista. Formado em Cinema e Vídeo na Escola de Comunicações e Artes, USP. Seus curtas-metragens foram exibidos e premiados internacionalmente. Seu roteiro de curta-metragem Lightrapping venceu o Prêmio Estímulo da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Entre seus trabalhos em montagem, também premiados, há ficções, documentários e animações. Coordenador de programação das secções latinas do Festival Internacional de 80 Curtas-metragens de São Paulo desde 2004 e coordenador de programação do Festival Mix Brasil desde 2014. Foi jurado de comitês de seleção e premiação.

  • Marcos Bernstein

    Roteirista. Escreveu o roteiro de filmes como Central do Brasil, Chico Xavier, Faroeste Caboclo, Terra Estrangeira, Somos Tão Jovens e Zuzu Angel. É autor da série A Cura (Globo), da minissérie Descalço sobre a Terra Vermelha (TV3 Catalunha) e da novela Além do Horizonte. Dirigiu os filmes O Outro Lado da Rua; Meu Pé de Laranja Lima e finaliza atualmente Todo Amor.

  • Maria Camargo

    Roteirista de cinema e televisão. Adaptou Correio Feminino, de Clarice Lispector, e Dois Irmãos, de Milton Hatoum, para a TV Globo. Colaborou nas novelas Lado a Lado e Babilônia. Foi corroteirista do filme Nise, o Coração da Loucura. Publicou pela Companhia das Letras o livro O medo e o mar. Atualmente trabalha em adaptações de Mitlon Hatoum para o cinema.

  • Mariana Trench

    Formada em Jornalismo, ela estudou dramaturgia na Sala Beckett, em Barcelona, Espanha. Atua como roteirista e script doctor de projetos para cinema e televisão. É uma das criadoras da série Família Imperial e escreveu as séries Que Monstro te Mordeu, Brilhante Futebol Clube e Pedro e Bianca (ganhador do Internaional Emmy Kids Awards, em 2014).

  • Melanie Dimantas

    Roteirista. Escreveu para cinema os roteiros dos filmes Não Quero Falar Sobre Isso Agora (Melhor Roteiro no Festival de Gramado), Carlota Joaquina, Princesa do Brazil, Copacabana, O Outro Lado da Rua, Irma Vap: o Retorno, Nome Próprio, Olhos Azuis e Maresia. Escreveu episódios das séries de TV Cidade dos Homens, Filhos do Carnaval e Magnífica 70

  • Miguel Machalski

    Nascido em Buenos Aires de pai polonês e mãe inglesa, está radicado em Paris há muitos anos. Especialista internacional em todos os diferentes aspectos do desenvolvimento e da criação de roteiros cinematográficos: análise, assessoria, ensino e escritura. Realiza oficinas e consultorias em diferentes países e publicou três livros sobre escrita audiovisual.

  • Nadia Dresti

    Nadia começou a trabalhar no Locarno Festival em 1984. Em 1988, tornou-se Diretora de Marketing para a Suíça na 20th Century Fox- Columbia TriStar. Em 1990, ela fundou a Zero Problem, agência especializada na promoção de filmes, relações públicas e com a imprensa, atendendo distribuidoras independentes, produtores e festivais de cinema. Ela trabalhou com o Marché du Film e o European Film Market, responsável pelos compradores. Em 1999, ela voltou a trabalhar exclusivamente para o Locarno Festival, inicialmente no Comitê de Seleção e, em seguida, como chefe do Departamento da Indústria, desempenhando um papel importante na expansão deste departamento. Desde 2013, ela atua como Chefe da Área Internacional e em 2017 tornou- se Diretora Artística Adjunta.

  • Paula Gastaud

    Paula trabalha na indústria cinematográfica desde 2001, tendo iniciado como produtora executiva no desenvolvimento de projetos cinematográficos e conteúdo para TV no Brasil. Desde 2009, seu foco tem sido o mercado internacional, desenvolvendo oportunidades de negócios para cineastas brasileiros na Europa e na América Latina. Na Sofa Digital desde a criação da empresa, ela gerencia o licenciamento e programação de conteúdo independente para distribuição em plataformas VOD ao redor do mundo.

  • Paula Vergueiro

    Graduada e mestre em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ. Coordenadora da Comissão de Direitos Autorais, Direitos Imateriais e Entretenimento da OAB/RJ. Conselheira e Diretora de Cultura e Eventos da OAB/RJ. Pós-graduada em Direito do Entretenimento pela UERJ. Advogada atuante na área de cultura, mídia e entretenimento.

  • Renata Corrêa

    Roteirista e escritora carioca. Começou sua trajetória no humor na MTV, na redação dos programas 15 Minutos, Comédia e Furo MTV. Participou das equipes da novelinha infanto- juvenil musical Gaby Estrella, concorrente ao Emmy Kids Awards, da série Perrengue, na MTV e do Greg News, uma “comedy news” da HBO. Atualmente é redatora do programa Adnight, na Globo.

  • Renato Candido

    Vice-presidente da APAN – Associação dxs Profissionais do Audiovisual Negro. Bacharel em Audiovisual e Mestre em Ciências da Comunicação pela ECA/USP. Sócio-fundador da Dandara Produções Culturais e Audiovisuais. Diretor dos filmes Jennifer e Dara: a primeira vez que fui ao céu. Leciona a disciplina de Produção Audiovisual para Graduação em Publicidade na Faculdade Zumbi dos Palmares e da FAPCOM. Roteirizou episódios da série Pedro e Bianca, premiada no Prix Jeunesse Iberoamericano 2013, Emmy Kids Awards 2013 e Prix Jeunesse Internacional 2014.

  • Ricardo Hofstetter

    Escritor, dramaturgo e roteirista premiado. Mestre em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-RJ. Novelista da TV Globo há 21 anos, é também o atual presidente da ABRA – Associação Brasileira de Autores Roteiristas.

  • Sabina Anzuategui

    Escritora e roteirista. Autora dos romances Calcinha no Varal (2005) e O Afeto ou Caderno sobre a Mesa (2011). Roteirista dos filmes Ausência (Chico Teixeira, 2014) e Jogo das Decapitações (Sérgio Bianchi, 2013), entre outros. Doutora pela ECA-USP com a tese O Grito de Jorge Andrade (Ateliê Editorial, 2013).

  • Sandro Fiorin

    Brasileiro, fundou a produtora FiGa Films em Los Angeles, em 2006, com Alex Garcia, para descobrir e distribuir conteúdo latino-americano na América do Norte, assim como representá-lo pelo mundo. Estudou cinema na FAAP e na New School em Nova York, onde viveu por 14 anos, mudando-se para Califórnia em 2001. Trabalhou no Film Forum, Universal e First Look Films. Foi programador do Festival de Cinema Latino em Atlanta e diretor artístico do IndieBrazil Film Festival em Los Angeles. Palestrante e júri em Sundance, San Sebastián, Cannes, Rotterdam e outros festivais. Desde 2010 produtor de projetos como Verano de Goliat, Los Viejos e Avanti Popolo.

  • Sylvia Palma

    Roteirista, jornalista e diretora de documentários. Trabalhou nas principais emissoras de TV do Brasil. Mestre em Comunicação, Cultura e Educação/UERJ. Editora executiva de programas jornalísticos. Diretora da ABRA e do CBC (Congresso Brasileiro de Cinema).

  • Tatiana Leite

    Formada em História da Arte por La Sorbonne e em Direito e Comunicação pela PUC-Rio. Foi coordenadora internacional e programadora no Festival do Rio por 9 anos. Foi parte do comitê de seleção dos Festivais Curta Cinema e Kinoforum, e assessora internacional da SEC-RJ. Em 2012, criou a produtora Bubbles Project, produzindo os filmes Aspirantes (Ives Rosenfeld), Pendular (Julia Murat), Benzinho (Gustavo Pizzi) e Família Submersa (Maria Alché).

  • Teodoro Poppovic

    Criador, roteirista e diretor com vasta experiência no mercado audiovisual brasileiro. Criou e roteirizou séries de diferentes gêneros, como Destino SP / RJ / Salvador , Pedro e Bianca , Que Mostro te Mordeu? e Familia Imperial. Trabalhou nos roteiros de 3% (Netflix), Comédia MTV (2010-2012), Latitudes, Segredos de Justiça (Globo) e o filme Meteoros.

  • Thiago Dottori

    Roteirista, consultor e vice-presidente da ABRA – Associação Brasileira de Autores Roteiristas. Escreveu mais de 80 episódios de séries para TV, como Destino São Paulo e Psi (HBO) ou Segredos de Justiça (Globo). Cocriador de Pedro e Bianca (TV Cultura), ganhadora do Emmy Kids Internacional. Escreveu os roteiros dos filmes Vips, Os 3, Trago Comigo e La Vingança

  • Thierry Lenouvel

    Formado em Cinema e Literatura Contemporânea. Através de Les Films du Sémaphores, distribuiu filmes de Pedro Almodóvar, Youssef Chahine e Emir Kusturica, entre outros. Atuou como agente de imprensa independente para mais de 150 títulos. Foi cofundador do Cinemed Film Festival em Montpellier e fundou o Fundo de Desenvolvimento de Roteiro de Amiens e o Final Cut em Veneza. Em 2001 Thierry fundou a Ciné-Sud Promotion, empresa voltada para a promoção de filmes de arte, e que produziu 30 filmes que já receberam mais de 200 prêmios internacionais.