BrLab 2017

Apresentação BrLab

BrLab: Cinema em Desenvolvimento

2017. Num ano em que o cinema vive um momento-chave de transformações devido à instabilidade das políticas culturais vigentes, o BrLab chega à sua 7ª edição. É inevitável lembrar das alegrias e intempéries vividas até aqui. A realização regular e constante do BrLab através de importantes parcerias travadas ao longo dessa trajetória nos permitiu desenvolver, ano a ano, um trabalho coerente e com uma base sólida para a continuidade de nossas ações. Essa é a nossa política, o nosso grito de resistência: seguir com o nosso trabalho e a nossa crença no cinema. Neste ano, além do fundamental patrocínio da Prefeitura de São Paulo, através da Spcine e da Secretaria Municipal de Cultura, pela primeira vez o BrLab conta com o investimento e patrocínio de uma empresa privada. O projeto foi selecionado no programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados e conta com o importante patrocínio da Oi através do Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo – ProAC. Mais do que um reconhecimento e um suporte financeiro essencial, esta nova parceria e patrocínio nos permitiram, finalmente, ampliar o número de atividades e expandir o campo de nossa atuação. Essa expansão é marcada pelo investimento em atividades abertas que vão além dos conteúdos setoriais que continuamente promovemos. Através de uma parceria com a ABRA, em especial com o grande parceiro Thiago Dottori, roteirista e entusiasta do BrLab, montamos uma programação aberta voltada para as questões da narrativa e da escrita audiovisual para o mercado de roteiristas do Brasil. Graças também à parceria fundamental com o Centro de Pesquisa e Formação do SESC e ao acolhimento da FAAP, realizamos pela primeira vez uma programação dedicada ao roteiro. O BrPlot veio para ficar. Esta primeira edição apresenta um mosaico de questões fundamentais do processo de escrita do roteiro, presentado em sete mesas de debate com convidados de peso e relevância no atual cenário audiovisual. Todas as mesas de debate do BrPlot serão transmitidas ao vivo via streaming para que possamos ampliar e atingir, gratuitamente, o público que porventura não couber nas salas, ou que estiver em outras localidades. A expansão neste ano também foi geográfica, e ficamos muito felizes de levar uma programação especialmente pensada para jovens e frequentadores da Fábrica de Cultura da Brasilândia, um espaço muito especial que também nos acolhe pela primeira vez, e que nos permite repensar e ampliar a dimensão e abrangência do nosso trabalho. Pelo quinto ano consecutivo, o BrLab conta com o apoio institucional da Mostra Internacional de Cinema, parceria que sempre permitiu aos nossos convidados respirar parte do evento mais tradicional da cinefilia na cidade, tendo, em seus escassos momentos livres, acesso aos filmes reunidos na programação da Mostra. Como um laboratório de ideias que é, o BrLab busca experimentar também em seu formato – não somente para aprimorar dinâmicas do curso, mas também para atender diferentes e novas demandas, além de garantir maior pertinência e engajamento e participação do mercado. Assim, importa também jogar luz em questões ainda carentes de reflexão: o processo de distribuição dos filmes e as formas de mobilizar diferentes plateias e atrai-las às salas de cinema. Daí o orgulho em viabilizar, pela primeira vez no Brasil, um Workshop de Design de Audiência em parceria com o TorinoFilmLab. Esta parceria é bastante simbólica para nós, uma vez que o TorinoFilmLab é uma grande referência entre as plataformas e laboratórios internacionais, e essa atividade legitima o nosso olhar para todo o processo criativo e mercadológico de um filme. Esta 7ª edição do BrLab recebeu um número recorde de inscrições. São projetos de grande valor artístico e social. Quem dera tivéssemos mais vagas para abarcar mais projetos. Sendo assim, o trabalho da comissão de leitura, avaliação e seleção foi essencial para a qualidade e coerência na seleção. São projetos diversos, mas que vocalizam algumas inquietações em comum, e que por diferentes razões nos parecem adequados para compor a seleção. Aproveito aqui para agradecer cada membro da comissão e de toda a nossa equipe de produção, em especial a dedicação e paixão das produtoras Marina Torre e Mariana Lopes, fundamentais para a realização do BrLab 2017. Se todas as dificuldades vividas até hoje não foram capazes de minar nossa vontade e entusiasmo para a realização e o desenvolvimento desta plataforma, fico confiante que mais sete anos virão e, talvez, mais sete, e ainda outros sete. Enquanto o cinema, o audiovisual, e o mundo existirem, esperamos que o nosso trabalho extrapole nossa própria existência, tanto no tempo quanto na inspiração de novos espaços.

Rafael Sampaio
Diretor do BrLab