Matar um morto

Paraguai, 1978. Em plena ditadura de Strossner, Pastor (50) e Dionisio (25) dedicam-se a enterrar cadáveres clandestinamente em um bosque. Paralelamente, acontece na Argentina a Copa do Mundo de Futebol. Uma manhã, entre os cadáveres que chegam, os coveiros encontram o argentino Mario (45), que ainda respira. Eles sabem que têm que matá-lo, mas nunca haviam assassinado ninguém. Pastor e Dionisio são o último elo de um nefasto sistema que tem como resultado os desaparecidos, mas este dilema traz à tona seus medos mais profundos. Uma tempestade anuncia o inverno que se aproxima, enquanto o destino dos três homens se define durante a final do Mundial.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

País: Paraguai

Valor Estimado: US$ 300,000.00

Valor Captado: US$ 17,600.00

Direção

  • Hugo Giménez

    Hugo Giménez frequenta oficinas de Direção Cinematográfica e Documentário. Foi selecionado pelo 8º Talents Buenos Aires- Berlinale e ganhador da 4ª edição do DOCTV Latinoamérica com o documentário Fuera de campo. Seu novo longa-metragem Matar a un muerto foi recentemente beneficiado com o Hubert Bals Fund do International Film Festival Rotterdam.

Produção

  • Gabriela Sabaté

    Gabriela Sabaté se formou em Marketing. Produtora de cinema desde 2005, seu primeiro longa-metragem como diretora de produção foi Hamaca paraguaya, exibido em Cannes. Produziu Karai Norte, prêmio de Melhor Curta-Metragem Ibero-Americano em Guadalajara, e trabalhou com Lucrecia Martel, Lucia Puenzo e Pablo Giorgelli, entre outros diretores ibero-americanos.