A morte habita à noite

Com um desenho narrativo estruturado em três partes, cada uma delas sobre a relação do protagonista com uma mulher diferente, o filme é uma crônica sobre o amor, a morte e a melancolia urbana. Aos cinquenta anos, alcoólatra e desempregado, a tábua de equilíbrio de Raul é a paixão por Ligia, que nos últimos anos foi sua parceira de vida sem regras. Após ser abandonado por ela, deseja a bebida com mais vigor, contrai tuberculose e, entre postos de saúde e trabalhos transitórios, constrói uma doce relação com Cássia, uma garota de dezesseis anos. Já com o corpo e a mente bastante corroídos pela doença, surge Inês, a mulher mais triste que ele já conheceu. Um cadáver, que foi parar no quarto da pensão onde mora por meio do seu amigo Tomás. Eles partem com Inês em direção à praia do Janga, em Olinda. Essa viagem faz nascer uma inesperada afetividade entre Raul e a “mulher triste”, que será jogada ao mar.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

País: Brasil

Valor Estimado: US$ 708,591.67

Valor Captado: US$ 0.00

Direção

  • Eduardo Morotó

    Formado em Cinema, Eduardo Morotó escreveu e dirigiu cinco curtas, entre os quais destacam-se Quando morremos à noite (Melhor Curta pelo júri da crítica na Mostra de Cinema de Tiradentes em 2012) e Todos esses dias em que sou estrangeiro (Melhor Curta da mostra Novos Rumos no Festival do Rio em 2013). Acumula mais de cinquenta prêmios em festivais nacionais e internacionais.

Produção

  • Leonardo Mecchi

    É sócio-fundador da Enquadra – mento Produções. Foi editor da Revista Cinética entre 2007 e 2009. Em 2007, foi selecionado para o Berlinale Talent Campus, programa anual do Festival Internacional de Cinema de Berlim. Atuou na produção de longas como Obra, de Gregório Graziosi (Melhor Filme pela Crítica e Melhor Fotografia no Festival do Rio); Super Nada, de Rubens Rewald (Melhor Filme e Prêmio Especial do Júri na mostra Novos Rumos do Festival do Rio); e Quebradeiras, de Evaldo Mocarzel (Melhor Documentário no Festival de Toulouse, França; Melhor Direção, Fotografia e Som no Festival de Brasília). Também atua como curador, produtor e colaborador de mostras e festivais de cinema.