BrLab 2011

Apresentação SAV

BrLab: criação coletiva e formação audiovisual

 

Secretária do Audiovisual
ANA PAULA DOURADO SANTANA

 

   A obra audiovisual é coletiva por natureza e, assim, a ideia de criativos coletivos se caracteriza pela aproximação daqueles que compõem o audiovisual desde o começo do processo criativo – do primeiro conceito e da pesquisa para o desenvolvimento do projeto. Incentivar coletivos criativos seria a indução do Estado para a primeira etapa de criação audiovisual.

   O BrLab incorpora o espírito colaborativo ao unir, em um laboratório, diretores, roteiristas e produtores de cinema latino-americanos que compartilham um mesmo projeto: um longa-metragem. O núcleo formado é acompanhado por tutores, que compartilham conhecimentos com os cineastas. Os tutores realizam uma radiografia dos projetos, apontando críticas e soluções viáveis.

   Para finalizar, o BrLab ainda aposta na preparação dos cineastas para o mercado audiovisual, com o pitching, formado por uma plateia de especialistas com o intuito de sabatinar os jovens aspirantes ao fazer cinematográfico.

   O BrLab, além de estimular a criação coletiva, inerente ao audiovisual, sustenta-se na formação de futuros longas-metragistas latino-americanos. O programa, assim, acompanha os projetos desde o início da criação coletiva do roteiro ou argumento ao processo de apresentação, com o objetivo de possibilitar o envolvimento de coprodutores ou interessados nos projetos. A Secretaria do Audiovisual pretende continuar estimulando programas dessa natureza, que apreendam o processo audiovisual em toda a sua complexidade.

   Agora, saudamos os 14 projetos selecionados, representantes da Argentina, do Brasil, da Colômbia, da Costa Rica, da Guatemala, do México e do Uruguai.